Saltar para o conteúdo principal

Áreas Empresariais

O Município de Coruche estabeleceu como meta prioritária a promoção da atratividade empresarial, através do reforço da fixação de novas iniciativas empresariais como fator potenciador de competitividade e, consequentemente, de afirmação do posicionamento do território no sistema económico regional. O desafio inerente consubstancia-se na promoção de Coruche como um espaço para “Investir e Trabalhar”, num contexto dinâmico, gerador de oportunidades de emprego, indutor de empreendedorismo e com capacidade de captação de investimento, que facilite a instalação rápida de unidades empresariais e conceda aos atores locais e empresariais, instrumentos de afirmação de competitividade empresarial.
A atratividade empresarial encontra-se intimamente correlacionada com a capacidade de resposta do território em termos de disponibilização de recursos humanos qualificados e de espaços de acolhimento empresarial adequados às exigências competitivas das empresas, da existência de acessibilidades aos principais pólos consumidores, de proximidade aos recursos base do respetivo processo produtivo.
Assim, constitui uma das missões prioritárias do concelho de Coruche a preparação de um pano de fundo empresarial que se pretende sólido, sustentável e competitivo, capaz de estimular novas dinâmicas económicas e consolidar o respetivo tecido empresarial.
Daí que, atualmente, Coruche disponha de um conjunto de áreas de acolhimento empresarial, desenvolvidas à dimensão da procura verificada e que são:

Parque Empresarial do Sorraia (ZIMB Norte) 

Zona Industrial do Monte da Barca
      
Zona Industrial do Couço
      
Zona Oficinal da Lamarosa.


Parque Empresarial do Sorraia (ZIMB Norte)
O Parque Empresarial do Sorraia ( ZIMB Norte), com dimensão de 60,54 ha, constituído por 98 parcelas ou lotes, está estrategicamente localizado numa zona de grande acessibilidade viária, junto à confluência de dois eixos rodoviários (E.N. 119, E.N. 114 ) e próxima à ferrovia Setil-Vendas Novas.
Situar-se-á a cerca de 2,5 Km do núcleo urbano de Coruche, delimitada a Norte pelas "Arrozeiras Mundiarroz", e a Sul pela Zona Industrial do Monte da Barca (ZIMB), área de acolhimento empresarial já existente e a expandir por esta nova Área.
São objetivos do Município de Coruche com a implementação do Parque Empresarial do Sorraia:
· O1: Atração de investimento;
· O2: Localização de novas unidades;
· O3: Relocalização de atividades incorretamente localizadas noutros locais;
· O4: Contenção da migração de atividades económicas para outros Concelhos;
· O5: Redução da pressão avulsa sobre os solos de melhor aptidão agrícola ou de maior sensibilidade ecológica dispersos pelo Concelho, assim contribuindo para a sua qualificação ambiental;
A área de intervenção, na 1.ª fase, será de um total, de cerca, de 50 lotes, englobados num conjunto de infraestruturas comuns, nomeadamente, espaços verdes e pavimentos, arruamentos, rede de distribuição de águas e serviço de combate a incêndios, rede de drenagem de águas residuais, eletricidade e infraestruturas de telecomunicações, desvio de canal de rega, pontão sobre o canal de rega e estação elevatória de águas residuais domésticas.

Plano de Pormenor da Zona Industrial do Monte da Barca Norte

 


Zona Industrial do Monte da Barca
A Zona Industrial do Monte da Barca é a mais relevante em termos de concelho. Abrange a Zona de Expansãoencontra-se localizada a 4 Km da sede do concelho, compreendendo uma área de cerca de 120,60haEstá estrategicamente localizada junto à confluência de três eixos rodoviários (EN 119, EN 114 e EN 251) e ao traçado  de dois futuros itinerários complementares (IC13 e IC10), sendo ainda servida por uma estação ferroviária do Ramal Vendas Novas/Setil, atualmente a única ligação  ferroviária entre o Norte e o Sul do país e que foi alvo de um processo de modernização com vista ao abastecimento da Central  termo-eléctrica do Pego.
Estando praticamente esgotada em termos de espaço disponível, esta zona irá ser acrescida com cerca de 60ha de parque empresarial, prolongando-se para Norte, dando resposta à procura de terrenos para construção industrial ou instalação de atividades económicas compatíveis.
A localização escolhida permite vantagens de aglomeração devido à proximidade a outras unidades industriais existentes, promovendo o ordenamento territorial desta atividade, salientando-se a possibilidade de utilização da nova ETAR.

pdf Zona de Expansão da Zona Industrial do Monte da Barca - Planta Implantação (1.78 MB)

pdf Zona de Expansão da Zona Industrial do Monte da Barca - Regulamento do Plano de Pormenor (1.69 MB)

pdf Zona Industrial do Monte da Barca - Regulamento da Revisão do Plano de Pormenor (333.24 kB)

pdf Regulamento de Venda de Lotes da Zona Industrial do Monte da Barca - I Alteração (153 KB)

pdf Regulamento de Venda de Lotes da Zona Industrial do Monte da Barca (143 KB)

 

 


Zona Industrial do Couço
Situada na margem esquerda do rio Sorraia, na confluência do Sor e do Raia, a freguesia do Couço ocupa uma área de  350,2 km2, o que faz dela uma das maiores do país.
As atividades económicas mais relevantes que se desenvolvem são as relacionadas com a agricultura, as oficinas mecânicas e o comércio.
No entanto tem surgido nos últimos anos uma atividade industrial relevante que levou à criação de uma zona industrial própria, com cerca de 40 lotestendo como objetivosordenamento da povoação e possibilitar aos empresários o pleno desenvolvimento da sua atividade, sendo também uma zona que beneficia de ótimas condições rodoviárias para escoamento dos produtos.
Assim, todas as potencialidades comerciais da freguesia foram exploradas, tendo esta atividade crescido rapidamente, desempenhando hoje um papel importante.

pdf Zona Industrial do Couço - Planta da Implantação (632.52 kB)

pdf Normas de Venda de Lotes da Zona Industrial do Couço (163 KB)


Zona Oficinal da Lamarosa
A freguesia de S. José da Lamarosa é uma freguesia essencialmente rural, onde se destacam como principais atividades a agricultura, a exploração florestal – cortiça, pinheiro e eucalipto -, a fruticultura – morango, pêssego, ameixa e citrinos -, a viticultura e a carpintaria.
Mais recentemente, a Nestlé Waters Direct escolheu esta freguesia para implantação da sua nova fábrica, crente nas qualidades e potencialidades do concelho, bem como na localização geográfica privilegiadaÉ considerado um projeto âncora com poder para atrair novos investidores.
Possui também uma zona oficinal, com onze lotes, cujas condições de aquisição são as mesmas que se encontram estabelecidas no Regulamento de Venda de Lotes da Zona Industrial do Monte da Barca.

pdf Zona Oficinal da Lamarosa - Planta de Implantação (80.36 kB)

pdf Regulamento de Venda de Lotes da Zona Industrial do Monte da Barca (143 KB)  


Portal das Zonas Industriais da Lezíria do Tejo

A Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo criou mais um serviço de âmbito regional, que apresenta, num único Portal, a oferta industrial e empresarial dos 11 municípios associados da CIMLT. 

No Portal das Zonas Industriais da Lezíria do Tejo é possível ficar a conhecer todos os parques industriais, lotes e empresas da região. No Portal pode consultar as áreas ocupadas, disponíveis e sob reserva, lotes com ou sem edificação, por escalões de área de terreno, acessibilidades, contactos, fotografias e documentos para impressão, como mapas de localização, gráficos e distribuição das áreas de lotes por tipologia (parques empresariais, industriais, multiusos, entre outros.

Esta é uma ferramenta essencial para que os municípios possam “apresentar-se” a possíveis investidores e divulgar todas as suas potencialidades aos interessados em investir na região da Lezíria do Tejo. 

Conheça o Portal das Zonas Industriais da Lezíria do Tejo em http://zindustriais.cimlt.eu/. 

 


Global Parques

http://globalfind.globalparques.pt/

 

voltar ao topo